16/05/08

TREM

Maquinista, me deixa pongar nesse trem
me leva pra terras distante
me leva pra Rosa
me leva desta terra sem sabor amarga como o fel
toca esta buzina/
me leva pra minha sina...
Andante.

Um comentário:

Josemar Pires Ribeiro -andante disse...

Oi Ro... grato por postar meu poema, fico feliz por pessoas que gostam da magia das palavras...
Seu blog esta lindo.
bjs