26/08/08

AZUL

Homenagem ao querido
SIBARITA.
Poeta e escritor!
Que encanta e faz rir!
Olho o mar, ora verde, ora azul,
mil ondas...
Espumas e conchas se tocam
se encontram, convergem.
Parecem violetas brancas
sem fundos azuis!
Da cor do olhar,
imagens perfeitas reluzindo do céu...


Um louco indo e vindo,
movimentos e paisagens harmonia e caminhos...
Assumo-me em anil cor
e brilho lua e estrelas!
Azul! Texturas de mistérios
aurora e crepúsculo, delírios...


Perco-me nos búzios,
desnudo de corpo inteiro neste mar tão azul!
Musa,
Não importa o sentido da razão
te ligo a mim,
te ligo as galáxias
te ligo ao infinito,
te ligo a vida.
Respiro o azul mar
e exalo a energia do equilíbrio,
estou em ti!



O Sibarita

11 comentários:

sergio disse...

Lindo poema... passa uma serenidade fora de série... lindo mesmo.. abraço e bj

C Valente disse...

Bonita homenagem
Saudações amigas

instantes e momentos disse...

Oi Rosane, lindo. Muito bonito.
Ainda vou um dia, inspirar alguem assim..
amo teu blog,
Maurizio

Deusa Odoyá disse...

Parabéns minha estimada amiga ROSANE.

Uma bela e justa homenagem a esse grande poeta, escritor e mestre SIBARITA.
Escritor de sonhos, momentos, anseios, amores, enfim do tudo.
Uma pessoa bela por dentro e por fora, sempre procurando ajudar alguem, lhe dando forças e iluminando com suas palavras de doutrina.
A sua música nos faz imaginar, quantos Sibaritas, poderiam existir em nossas vidas.

Bela homenagem a um homem justo e caridoso.
Eu o conheço , e lhe rendo minhas homenagens também.
beijos amiga Rosane e beijos Nelsinho (SIBARITA)Regina Coeli

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, bela homenagem ao Sibarita... Parabéns!
Beijinhgos de carinho,
Fernandinha

Daniella Paula disse...

Mar cibernético... Que nos revela lindas coisas!
Belíssimo canto!

Cheiros Rosa!

C Valente disse...

É um prazer aqui passar.
Saudações amigas

Jorge Alberto disse...

O legal de vir aqui em seu blog, é sempre ver que há textos que nos emocionam. Fico muito contente por você ter essa sensibilidade.

bjs

Mendi disse...

Oi amiga. Este Sal Azul que nos faz sonhar e é tão indomável quanto o amor, ganhou outro tom ao ser deliciosamente descrito por esse poeta.
Poesia fantástica.
Envolvente.

Como sempre um poema belíssimo.



Te desejo um excelente fim-de-semana :) Bjs na sua alma RÔ

Rai pires disse...

oi Ro,estou por aqui,lhe visitar tornou-me um vício.Bom fim de semana.Bjss Raimundo pires

O Sibarita disse...

Dona moça obrigado pela homenagem, não sei se sou merecedor, mas, humildemente lhe agradeço do coração!

O poema é um dois que mais gosto pela sua singeleza e astral que passa.

bjs
O Sibarita