05/04/08

QUANDO O AMOR.....


"Quando o amor vos fizer sinal,
segui-o;
ainda que os seus caminhos
sejam duros e escarpados.
E quando as suas asas vos envolverem,
entregai-vos; ainda que a espada escondida
na sua plumagem vos possa ferir."

Khalil Gibran


Muita gente se fecha para o amor depois de uma decepção amorosa, sofrem horrores e plantam
uma semente amarga dentro do coração
que regada pela desilusão e pelas lágrimas da saudade,
cresce sem medidas, formando raízes profundas na alma,
tornado-as secas e até amargas.
Mas, o grande segredo do amor é não guardar mágoas,
é perceber em cada relacionamento algo de bom,
um aprendizado que não seria possível sem a experiência,
fica retido em cada pessoa,
levando ao conhecimento da verdadeira harmonia,
e harmonia entre dois seres é o fermento do amor.
Que adianta a paixão de dois corpos ardentes,
se não existe aquela magia que une as almas?
Que adianta teclar na internet,
acreditando que a sua alma gêmea
está do outro lado do computador,
se quando os olhos se enxergam
não existe aquele brilho que aproxima?
Que adianta o beijo na boca se não acende o coração?
Mas, tudo isso é importante, o chat, o beijo,
o cinema, a praça, a amizade que vira algo mais,
o colega da escola, a amiga de infância,
vale tudo, só não vale se esconder,
ter medo de viver um novo amor,
porque amar é preciso, ainda que a alma seja pequena,
ela se agiganta diante do brilho de dois olhares apaixonados,
porque o amor sempre vale a pena.

3 comentários:

Jorge Alberto disse...

Muito bacanas as palavras do Gibran. Ele foi um cara que viveu um amor platônico por décadas. Sabia disso?

Beijos

Anônimo disse...

Gostei de seu cantinho,
Beijos Zé

Sonia Regly disse...

Lindo esse texto, amor é um assunto sempre maravilhoso.