01/07/09

DESCOBRIR E AGARRAR O AMOR....

Temos a mania de achar que o amor
é algo que se busca.
Como num jogo de esconde-esconde,
procuramos amor nos bares, na internet,
nas salas de aulas, nas platéias dos teatros...

Ele certamente está por aí,
você quase pode sentir o seu cheiro,
precisa apenas descobri-lo e agarrá-lo
o mais rápido possível, pois só o amor constrói
e é o complemento da felicidade
Há quem acredite que o amor é medicamento.

Pelo contrário, se você está deprimido,
nervoso ou ansioso demais,
o amor não se aproxima e caso o faça,
vai frustrar sua expectativa

O amor quer ser recebido com saúde e leveza,
ele não suporta a idéia de ser ingerido
de quatro em quatro horas como um antibiótico,
para combater as bactérias da solidão
e da falta de auto estima

Quantas vezes já ouvimos alguém dizer:
“Quando eu menos esperava,
quando eu já havia desistido
de procurar,o amor apareceu”
O amor quer ser bem tratado,
por isso escolhe as pessoas que antes de tudo,
tratam bem de si mesmas.

O amor, ao contrário do que se pensa,
não tem que vir antes de tudo.
Antes de estabilizar a carreira profissional,
de fazer amigos, de viajar pelo mundo,
de curtir a vida...

Ele não é uma garantia de que,
a partir de seu surgimento, tudo o mais dará certo
Queremos o amor como pré-requesito
para o sucesso nos outros setores, quando,
na verdade, o amor espera primeiro
que você seja feliz, para só então surgir,
sem mascara e sem fantasia

Esta é a condição para que o amor
se apresente em sua vida.
É pegar ou largar.

Para quem acha que isso é chantagem,
arrisco-me a sair em defesa do amor:
Ser feliz é uma exigência razoável,
não é tarefa tão complicada

Felizes são aqueles que aprendem a administrar
seus conflitos, que aceitam suas oscilações de humor,
que dão o melhor de si e não se auto-flagelam
por causa dos erros que cometem

Felicidade é serenidade.
Não tem nada a ver com piscinas,
carros e muito menos com príncipes encantados.
O amor é prêmio para quem relaxa.

As pessoas ficam procurando o amor
como solução para todos os seus problemas,
quando na realidade, o amor é a recompensa
por você ter resolvido os seus problemas...
“Amor não é ter sempre certeza.
É entender que ninguém é perfeito,
é aceitar as limitações do outro,
é poder ser você mesmo, sem precisar fingir”

Aprenda a gostar primeiro de si mesmo.
Quando isso acontecer...
O amor certamente surgirá em sua vida.
texto: Martha Medeiros

6 comentários:

Josemar Pires Ribeiro disse...

Oi Ro... Um belo texto, gosto muito das cronicas da Marta....
Só te fazendo uma visita...
abraços

mario Neves disse...

Oi RO!A Marta Medeiros é o máximo em suas crônicas versando nos mais variados temas e principalmente falando de amor.Saber o que é o amor é até fácil, dificil é falar dele.Não tem hora marcado para vir,não tem um encontro previsível marcado em nossa agenda, vem sorrateiro do fundo de um olhar, de um sorriso, de um terno gesto,nem dá tempo para resistir e nos vemos encantados.Amor não é medicamento, mas é remédio pára a alma, não é sonho mais faz sonhar é um pesadelo no paraíso e um refrigerio no inferno.Amor é dia e noite, dor e riso, tudo e nada,é uma busca de todos que tem coração.Em síntese é vã a tentativa de definir o que seja amor e diante disso nos resta uma opção: AMAR!Saudações Poéticas - Mario Neves.

Sonia Schmorantz disse...

O amor tem sua própria hora, não é preciso marcar hora, ele vem mesmo sem se esperar, adora nos pegar totalmente desprevenidos...
beijos e ótimo final de semana

Everson Russo disse...

Bom dia minha querida amiga, saudades de ti, e já pedindo desculpas pela ausencia, muita correria, bom receber voce no Livro, otimo receber seus poemas e emails, adoro de coração, quanto ao descobrir e agarrar o amor, é uma missão nossa aqui na TErra, primeiro temos que entende lo, o que já é complicado..rs..rs...obrigado pelo carinho da sua amizade, leve meus carinhos e beijos na alma pra um maravilhoso final de semana.

Everson Russo disse...

Passando pra desejar uma otma semana pra ti querida,,,beijos na alma...

O Sibarita disse...

Ô moça, essa Marta também sdabe o que diz, todos textos dela são porretas mesmo!

bjs
O Sibarita