01/02/09

UM SONHO...UM AMOR...

Um sonho...Um amor...

Sou um ser humano
Moldado em corpo e alma!
Sinto me leve como uma pluma
que paira suavemente no ar,
içada pela tênue brisa do amor!

Mas, também sinto-me ferido
por um dolorido espinho
que dilacera o meu coração,
que ama tanto sem ser amado!

Mas, não é esta a primeira vez
Que amor rima com dor...

Sou um sonhador...
e não apenas um aventureiro
Por isso não quero
jamais me queixar do amor,
quero sim bendizer o meu sonho,
vão, desbotado, mais vivido!
Eu amo também as estrelas
porém sei que não posso toca-las.
Nem por isso poderei negar
o fulgor que cada uma delas possui.
O sonho também é uma doce estrela
que vai continuar a brilhando
mesmo que tudo esteja contra mim...
A brisa será sempre o meu almoço...
O sonho será meu eterno jantar...
E o amor a minha favorita sobremesa...
Hei de sentir a vida como uma uma festa!
Eu me conheço bem...Este sou eu...
Um romântico até mesmo na dor...
E sei que por mais que eu chore...
Por mais que eu ainda sofra...
Por mais que doa, como está doendo...
O amor será a razão primeira
e única de minha preciosa vida!
E o sonho será a estrela guia
que vai me conduzir por esta vida!
Poema do querido Poeta
Mario Neves.
.

5 comentários:

Valentina Venturi disse...

Olá, faz bastante tempo que não venho aqui, comoe estão as coisas ?
Venho lhe convidar para a festa de níver de 04 anos do Cantinho dia 11 de fevereiro, na página principal. Conto com sua presença. Um grande beijo e boa semana!

Rai pires disse...

Ola,sonhar é bom , amar melhor ainda.Bjss Raimundo Pires

Irismar Andrade Santiago disse...

Olá minha querida Rô.
Seu Corações&Segredos está cada dia mais lindoooooo.
Parabéns! Querida amiga. Felicidades muitas.
Irismar

Colibri disse...

Olá querida amiga,

Esse poema é lindo, porém cheio de dor pelo amor não correspondido...

Felizmente que existe sempre um amor que é amplamente correspondido...

Beijos
Colibri
------
Os meus últimos sentires…
Colibrir as Emoções: Os filhos do pantanal…
Corais dos Recifes: Ecological Day…
Eis-me aqui: Eu não acreditava Nele!
Traços de Angola: Parte 12 - Fotos do Lobito (Parte II)…

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga Rô!
Eu concordo com o o nosso amigo Colibri.
Um poema doce, puro,mas sem ser correspondido.
uma semana de muita paz, amor e luz.
beijinhos doce, minha amiga.
regina Coeli.