15/02/09

EU TEMIA


Eu tinha medo de ficar sozinho,
até que aprendi a gostar de mim mesmo.
Temia fracassar
Mas, percebi que só fracasso, se desistir.
Eu tinha medo do que as pessoas
pudessem pensar de mim.
Até que percebi, o que conta
é o que eu penso de mim.
Eu temia ser rejeitado,
até que percebi que devo ter fé em mim mesmo.
Eu tinha medo da dor.
Até que percebi que o sofrimento
só me ajuda a crescer.
Eu temia a verdade.
Até descobrir a feiúra da mentira.
Eu temia a morte,
até que aprendi que a morte não é o fim,
mas o começo.
Temia o ódio,
até que aprendi que o ódio é apenas ignorância.
Eu temia o ridículo,
até que aprendi a rir de mim mesmo.
Temia ficar velho,
até que compreendi que a cada dia ganho sabedoria.
Temia ser ferido nos meus sentimentos
Eu tinha medo até ao último,
temia a escuridão.
Até que entendi a beleza da luz de uma estrela.
Temia mudanças,
até que percebi as mudanças porque
tem que passar uma borboleta antes de poder voar.
Vamos enfrentar cada obstáculo
à medida que apareçam em nossas vidas
com coragem e confiança.
E não se esqueça que, no final,
haverá sempre uma esperança a mais.

VIVAMOS NOSSA VIDA SEM TEMER!
QUE AO FINAL SEMPRE ESTÁ DEUS QUE TE AMA,

2 comentários:

Goncalo de Assis disse...

Oi minha querida depois de muito tempo afastado por motivos de saude, retorno a seu lindo blog e lembre-se:

Um verdadeiro amigo é alguém que te conhece tal como és, compreende onde tens estado, acompanha-te nos teus sucessos e teus fracassos, celebra tuas alegrias, compartilha tua dor e jamais te julga por teus erros.
Te aguardo no sonhos
Beijo com carinho

Peter Pan disse...

Oh, Linda Amiga:
O que escreve é tão lindo. Puro. Um hino fabuloso à vida de todos.
Com agradabilidade, esperança, alegria e felicidade.Deixa-me desvanecido de encanto pela sua imensa pureza e beleza.
Bem-Haja.
Beijinhos gigantes de estima, respeito e poderosa consideração.
Bem-Haja pela pessoa simpática que é.
Visitei, talvez, um dos melhores blogs da imensa Blogosfera...
Cordialmente fascinado e agradecido.
Com amizade sincera e sentida numa pessoa muito amável...

peter pan

OBRIGADO, doce amiguinha!