15/07/08

VÔO

Vôo...Como uma gaivota
flutuando, nos rabiscos das emoções,
no azul do céu,
vôo livremente...
Sinto, o vento acariciar o sentido tátil, do meu coração
num afago, acariciando minha alma.
E ao toque, sinto um turbilhão de ânsias,
ecoando em labirintos ainda não percorridos.
Eles abrem meus portais e, na aquarela inócua
dos meus olhos vão pintando cores...
Sinalizando o caminho.
Observando as reações do meu coração,
a cada movimento desnudo minhas reticências...
E, nesse diálogo que vai sendo delineado
decifro emoções, antes ignoradas.
Neste vôo, somos amantes...
Esculpindo e fecundando sentimentos,
que repousavam nos penhascos de meu viver.
Assim faço-me forte, renascida qual Fênix...
E, juntos desenhamos um mar sereno, em minha íris!

(DA)

8 comentários:

lumma disse...

Hola, tem um premio pra ti minha amiga, está postado no dia 16/07. Bjs azuis no seu coração.

instantes e momentos disse...

mais uma bela postagem, um modo lindo de dizer Amor.
vou tentar descobrir o endereço da música e passar para vc.
Maurizio

Vinicius disse...

Olá peguei seu endereço no HALMA
muito legal seu blog...lindo mesmo!
te convido a nos visitar tbm ta bom!

meu anjo...
quero pedir sua ajuda!
nosso blog esta em votaçao no
www.baudostemplates.com

c vc puder nos dar essa força votando no DIARIO seria ótimo!

brigadao!..beijo grande pra vc!
Vini & Nizi

Mario Neves disse...

Voar...Flanar sentindo a brisa na face e as emoções se arrepiando na pele, sentir a caricia nos afagando de encontro do prazeroso vento. Some se a isso o Jessé que nesta canção desnuda a nossa alma e faz a gente mais leve em nosso vôo. E tem mais, acrescente a isso que quem ensina voar é uma gaivota, talvez seja o “Fernão Capelo Gaivota que pelo seu esforço, tornou-se a mais hábil ave em matéria vôo. Bela mensagem esta, voei nas asas deste texto e novamente pousei aqui no” Corações & Segredos “para fazer este comentário. Amiga Ro, é sempre bom estar aqui e quero sempre voar para cá quando puder. Saudações Poéticas – Mario Neves – só + um

O Sibarita disse...

Oi Dona Moça! Que poema porreta, toda emoção do coração exposto de uma forma leve, sensual e desejosa!

Que bom! Valha-me Deus! kkkk

Oi a segunda parte ja está lá no Sibarita a terveira sai prá semana, vai lá sua menina! Leia todo viu fia? kkk

bjs
O Sibarita

O Profeta disse...

O começo!
Uma viagem no Mundo presente
Será que o vento açoita as árvores
Ou são elas que cedem ao embalo docemente

Gostava que sentisses o embalo das palavras

Bom fim de semana


Mágico beijo

Josemar Pires Ribeiro -andante disse...

Oi Ro.
estou de volta às minhas visitas...grato pelos recados.
Que lindo poema.. voar e muito bom, uma sensação de liberdade...
bom fim de semana.
bjs

Lucinha disse...

Bom dia Ro, passando pra desejar um domingo abençoado a vc.. Ro nao achei meu award aqui, será que esqueceu de pegar e me linkar?? quece não tá... Beijos carinhosos..