03/06/08

"FRAGMENTOS"

O silêncio da noite me faz companhia,
ruas vazias, folhas secas arrastadas pelo vento,
brotam as letras na memória,
descrevo emoções e sentimentos da alma,
território da paz,
extasiada com a melodia dos pingos da chuva na vidraça.
Dedilha os mistérios do coração,

aflora em suave canção,
te pressinto no ar.
Onde as estrelas cintilam a sinfonia do amor,

prossigo a desnudar os versos de minha mente.
Na expressão do toque, entrelaçar das mãos,

embargarem a voz, deixe o silêncio falar por si...
Perco-me no véu de sua beleza,

banhando-me com sua luz,
navegando no oceano de teus desejos,
sombras e ilusão,
lágrima que ousaste a experimentar,
enfrentando os desafios.
Da rima que esconde em cada verso,

fragmentos de vida,
basta ser livre para voar na imaginação,
mas o que floresce é o amor.

4 comentários:

paulo disse...

Boa noite minha querida amiga:)! Passadinha pra atualizar a leitura destes maravilhosos posts e lhe desejar uma linda semana!Obrigado pelas mensasgens! Beijos na alma e no coraçao!!

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Rosane. Que lindo! "Onde as estrelas cintilam a sinfonia do amor". Amei seus fragmentos.

Que sua quarta seja repleta de amor.

Beijos mil! :-)

PS.:Tem um selo a sua espera lá no meu blog.

Deusa Odoya disse...

oi amiga, obrigado por sua presença em meu cantinho.
Seu texto e cantinho muito inspiradores.
lindos amei, e voltarei sempre aqui.

Boa semana com muita paz e amor.

Regina Coeli.

:: Daniel :: disse...

O inverno tem dessas coisas, Rosane: produz cenários lindos
e é ótimo para versos inspiradores como os seus.

Obrigado pela visita na velha casa. Volte sempre que quiser. =D

Bjos!