30/05/11

A GRANDE VIAGEM

Se te parece que os caminhos estão vazios,
e que te falta algo, olha para o alto!
Contempla a imensidão do céu acima
e além de ti, pois ele te dirá
que os teus passos alcançam
a eternidade minuto a minuto,
hora a hora,
embora te norteies pelo sol que nunca dorme,
mas que descansa nas noites e espia com olhos de estrelas
nas noites enluaradas ...
Se por um instante parecer que
tuas preces foram esquecidas,
não te acabrunhes com teus medos
nem com teu cansaço,
pois a tua esperança há de encontrar
a coragem nos teus passos ,
e hás de seguir adiante pela vida ...
Sim,
essa é a grande viagem
que fazemos sem levar bagagem,
fantasiados de ilusões e de necessidades,
carregando como escudo um coração
de fogo, pensamentos alados e uma alma iluminada ...
E a fé que nos norteará nesses
caminhos,
sejam anônimos, desertos, áridos,
cobertos só de espinhos,
há de ser qual bandeira tremulando
no mastro da nossa humanidade,
fragilizada muitas vezes pelo açoite
dos ventos que nos abatem,
mas nunca invisível aos olhos
do Deus que nos provê de
forças , ao longo da viagem ....
Assim sendo, trata de lembrar do que eu te digo agora:
Constrói de cada instante o teu momento,
pois não há como esperar que o tempo passe.
Afinal,somos nós que passamos, além do tempo ...

Mellíss

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá Rosane! Caudaloso e sábio este texto que relata a nossa viagem neste vasto mundo. Viagem que tem um início previsto mas que não sabemos quando se dará o seu final. Apesar de não termos bagagens para se aventurar nessa viagem temos que construir ações fraternas, para não chegar ao final da caminhada com as mão vazias. Bom e reflexivo texto.Uma linda semana para você e os seus. Saudações Poéticas - Mario Neves.

Mario Neves disse...

Olá Rosane! Caudaloso e sábio este texto que relata a nossa viagem neste vasto mundo. Viagem que tem um início previsto mas que não sabemos quando se dará o seu final. Apesar de não termos bagagens para se aventurar nessa viagem temos que construir ações fraternas, para não chegar ao final da caminhada com as mão vazias. Bom e reflexivo texto.Uma linda semana para você e os seus. Saudações Poéticas - Mario Neves.