22/04/10

PINTO ESTRELAS

Ah... Noite que chega,
Trazendo tantos sonhos,
Onde tudo é magia,
E o impossível,
Torna-se possível,
Transformo-me em fada,

Princesa ou rainha,
Sou a própria luz da lua,
Não existe mais a distancia,
Nem o tempo que separa,
Apenas o momento que une,
Liberto-me,
Minha alma fica leve,

Nada mais pode me deter,
Noite que chega,
E nela pinto minhas estrelas,
De todas as cores e tamanhos,
Brilhantes como o diamante,
Somente para levá-las até você,

E assim iluminar seu sorriso,
E o brilho do seu olhar,
Porque eu nasci,
Para lhe amar,
Terna [e]ternamente...

[Patricia Montenegro]


Nenhum comentário: