17/11/08

GEOGRAFIA DO CORAÇÃO...

O coração é um País livre,
situado ao lado esquerdo do peito
de qualquer indivíduo.
Compreende quatro estados:

Amor, Ódio, Dúvida e Amizade. -

-O estado do Amor é fértil e cheio de carinho,
e a sua capital é a importante cidade do Ciúme,
onde existe muitos sonhos e fantasias,

mas também muitas realidades.
Essa cidade é conhecidíssima

pelos seus castelos suspensos,
que são considerados como

a oitava maravilha do mundo.

- O estado do Ódio, é algo mortífero,
habitado pelos desiludidos do amor.
Em seu subsolo há muitas armadilhas,

e sua capital é a cidade DA Vingança,
onde existem várias fábricas de inimizades.
Este estado é atravessado

pelo caudaloso Rio de sangue.

- O estado da Dúvida é muito conhecido,
pois ela sempre está envolta nos seres humanos.
Mas, o Sol da Esperança

aquece seus desolados habitantes.
Sua capital é Incerteza, onde sai a estrada

que conduz ao pôfico do suicídio.
Este estado é banhado pelo Rio das lágrimas.

- O estado da Amizade é o mais agradável.
Tem por capital a Sinceridade,

onde a estrada da bondade guia seus habitantes.
Na sua Costa marítima,

há uma cidade onde existe uma fortaleza,
a do bem, que refrata as investidas

da intriga e hipocrisia.

Entre as cidades mais importantes
mencionamos Afeto,Alegria e Felicidade.
Este estado é banhado pelo mar das rosas

e nele existe um cantinho para você ...
e para aqueles que te amam...



(DA)



11 comentários:

Luiz Caio disse...

Um poema para você...

Já estou na estrada, e vou distante.
No peito levo o carinho, e nos olhos
a tristeza, das pessoas que me gostam.
Uma vontade imensa de voltar me invade...

Mas preciso alcançar o meu destino.
Lá, me aguardo cheio de novidades...
Pretendo me reencontrar comigo, e tomar
De volta o meu eu que se perdeu na tormenta!

De lá, através de algum vento amigo que passe,
te mandarei um novo poema, e outros mais que
me ocorram... Tudo por um sorriso seu!

Meus versos levaram meus pensamentos.
E o mesmo vento me trará noticias suas...
E a gente se encontra de repente...

LUIZ CAIO.

Corações & Segredos disse...

Caio!!
Emocionada só posso dizer...
Até breve querido!!
Não demore!!!!

Mario Neves disse...

Alô RO!Só Corações e Segredos poderia publicar algo assim sobre o coração.Texto interessante sobre os sentimentos nobres e vis que o nosso coração carrega de norte a sul, de leste a oeste de seu território.Parabéns pela publicação. Venho aqui sempre pra regar esta planta linda que é a nossa amizade. Um bom dia Menina. Saudações Poéticas - Mario Neves.

paulo disse...

Bom dia minha querida:)! Há coisas que pedimos à vida e ela não tem para nos dar! E há coisas que a vida nos dá e não sabemos como agradecer! Obrigado hoje sempre pela amizade e pelo carinho! Tenha uma ótima quarta! Beijinhos!!

Sandra e Betty disse...

Oi Ro, obrigada pela visita. Te mandamos um email sobre seu pedido de lay de natal, recebeu? Uma boa quarta feira pra voce. beijos

Mendi disse...

Oi amiga ! Sopre aos ventos seus sonhos, eles irão se espalhar pelo ar e voltar á você em forma de realidade !!! Desejo a você todos os sonhos realizados.
Beijinhos

Mendi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Peter Pan disse...

Fantástica e Preciosa Amiga:
Um poema incrível de talento e genialidade poéticas. PERFEITO!
"...-O estado do Amor é fértil e cheio de carinho,
e a sua capital é a importante cidade do Ciúme,
onde existe muitos sonhos e fantasias,
mas também muitas realidades.
Essa cidade é conhecidíssima
pelos seus castelos suspensos,
que são considerados como..."

Sublime. Fabuloso.
Beijinhos de imenso respeito.
Maravilhado...!

peter pan

Excelente, amiguinha!

Luiz Caio disse...

FOLHAS MORTAS

Pisando sobre
Folhas mortas,
Que o vento
Soprou na estrada,
Caminho sem nenhum destino,
São passos,
Em busca do nada.

O nada que sempre
Me deram.
O nada.
Que nem recebi.
Pois nada
Me é de direito.
E nada me prende aqui.

Sou um nada
Tal qual essas folhas
Que o vento
Ao longe varreu,
Folhas mortas,
Que caem no outono,
E que vagam,
Tristes como eu.

LUIZ CAIO.

OI RO QUERIDA!

TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!
BEIJOS.

Jorge Alberto disse...

Não posso garantir quem seja o autor da frase que citarei. Se bem me lembro, atribuem-na a Freud, o que eu duvido. Mas, em se tratando de geografia e anatomia, ele disse:

"É pela geografia de uma garota que se conhece a sua história". :)

bjs

O Sibarita disse...

Quer beleza de poesia, heim menina?

O coração tem que ser assim mesmo bondoso acima de tudo.

bjs
O Sibarita